seja bem vindo ao portal folha de piraju

Circulação: Cidades e Regiões das Comarcas de Piraju, Santa Cruz do Rio Pardo, Ipaussu e Avaré

notícias

Voltar

Polícia Civil de Avaré desarticula central do “golpe do nudes”

Postado à, 215 dias atrás | 3 minutos de leitura

Polícia Civil de Avaré desarticula central do “golpe do nudes”
Um homem foi preso temporiamente pela Delegacia de Investigações Gerais (DIG) sob a acusação de extorquir vítimas
 
A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), está investigando casos de extorsão online envolvendo um homem de 33 anos que estaria operando o “golpe do nudes” por meio de uma central localizada na cidade de Avaré. Ele foi preso temporariamente na manhã desta sexta-feira, dia 20 de outubro, sob a acusação de integrar o esquema. A companheira dele também está sendo investigada. A denúncia foi feita por um cidadão que relatou a prática da fraude por meio de redes sociais e aplicativos de mensagens. 
 
Segundo informações, os suspeitos teriam utilizado nomes fictícios e imagens de terceiros para atrair vítimas do sexo masculino em conversas por meio de aplicativos de mensagens, como o WhatsApp. Uma vez que obtinham imagens íntimas das vítimas, os investigados criavam identidades falsas para extorquir dinheiro, afirmando que as mulheres nas imagens eram menores de idade. As vítimas eram ameaçadas com a divulgação das imagens e conversas íntimas caso não pagassem. 
 
Os suspeitos também teriam se passado por parentes das supostas menores de idade ou até mesmo autoridades policiais para tornar as ameaças mais convincentes. Algumas vítimas alegam que os investigados montavam cenários que se assemelhavam a delegacias de polícia para aumentar a credibilidade de suas ameaças.
 
Durante cumprimento de mandado de busca e apreensão na casa do investigado, no Jardim Paraíso, foram recolhidos celulares, um notebook, cartões bancários, cadernos com anotações que podem estar relacionadas ao crime, além de munição de calibre 38. Os celulares e o computador serão analisados para obtenção de provas que vinculem os indivíduos com as fraudes. A DIG informou que pessoas de várias partes do país foram vítimas do golpe.
 
A investigação revelou que o homem, originário do estado de Santa Catarina, possui antecedentes criminais que incluem tráfico de drogas, porte de arma de uso restrito, estelionato, ato libidinoso e violência doméstica. A mulher tem passagens policiais por dirigir sem habilitação, gerando perigo de dano.
 
“A Polícia Civil está empenhada em investigar esses casos de extorsão e tomar as medidas necessárias para garantir que a Justiça seja feita e que as vítimas sejam protegidas”, destacou Fabiano Ribeiro Ferreira da Silva, delegado da DIG de Avaré. A identidade do suspeito está sendo mantida em sigilo enquanto a investigação está em andamento.