seja bem vindo ao portal folha de piraju

Circulação: Cidades e Regiões das Comarcas de Piraju, Santa Cruz do Rio Pardo, Ipaussu e Avaré

notícias

Voltar

Vereador José Carlos Garcia mostra nova fase da Floresta das Corredeiras

Postado à, 17 dias atrás | 7 minutos de leitura

Vereador José Carlos Garcia mostra nova fase da Floresta das Corredeiras
O vereador José Carlos Garcia é um  homem pirajuense cheio de idéias para o turismo local e não é de hoje. Sempre criando projetos sustentáveis e destacando as belezas e paisagens do município em fotos e vídeos. Ele tem vários livros publicados sobre as aves que existem nas nossas florestas e foi um pioneiro dessa fotofrafia de registrar de registrar a natureza. Aqui neste vídeo que reproduzimos ele nos oferece uma descrição  de mais uma fase da construção, já em conclusão, da Trilha das Corredeiras, no parque da FECAPI.  José Carlos foi um dos pensantes do projeto dessa trilha tão significativa para Piraju.
Com seus patamares a trilha das corredeiras é uma realidade acessível até mesmo a qualquer pessoa até com dificuldades de mobilidade, que pode não apenas prestigiar nossos atletas olímpicos da canoagem treinando numa pista natural, mas também podem apreciar uma caminhada no refúgio de uma paisagem natural que encanta qualquer um.
Piraju tem o último trecho de calha natural do rio Paranapanema, com aproximadamente 8 km de extensão que começa na área do parque Fecapi em Piraju. O trajeto sempre foi considerado perigoso e de difícil acesso, mas hoje através da trilha construída na atual gestão municipal a paisagem das corredeiras e o barulho constante da água fluindo tornou-se uma opção de lazer para turistas de todos os cantos.
Pensada e construída com um ousado projeto. A obra, orçada em R$ 810.794,04, será construída às margens do Rio Paranapanema, no Centro de Fomento Turístico Agropecuário e Industrial Prefeito Claudio Dardes (Fecapi) com recursos da Secretaria de Turismo do Departamento de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios Turísticos (DADE 2019) tem  estruturas de madeira com decks passarelas, rampas, escadas e iluminação no seu percurso, possibilita que  todos possam ver o espetáculo da força das águas no local chamado de Garganta do Diabo, ou Garganta do rio que em seu trajeto natural atraiu até aquele local num passado distante o povoamento da área que já passou por pesquisas e levantamento arqueológico pelo paleoíndio do Paranapanema (há cerca de 8 mil anos) e os índios guaranis que viveram naquela área antes do povoamento pelos fundadores  da primeira vila e atraídos pelas corredeiras e saltos que se incorporavam às suas crenças espirituais e culturas. 
Toda essa energia da vida do passado e do presente se mistura naquele local cheio das maravilhas de um ecossistema praticamente intocado e da magia de reverenciar a energia telúrica (emanada da terra) ali presente. 
O prefeito José Maria Costa também um pensante da trilha, fez sua trajetória política em Piraju no passado como presidente da festa que anualmente era realizada naquele recinto e no cenário de duas gestões presenteou a trilha também com a gratidãoa outro ex- presidente da mesma festa José Rubens de Oliveira, solicitando à Câmara que aprovasse seu nome para a denominação da Trilha e mantendo ainda a denominação do parque todo como era originalmente foi nominado Recinto de Exposições e Fomento Agropecuário e Industrial Prefeito Cláudio Dardes. Essas homenagens feitas e mantidas treouxeram ainda mais significado ao local e todo entrono relembrando com reconhecimento duas personalidades do passado que deram sua contribuição e seu trabalho para a cidade de Piraju.  Aliás gradecimento é o que todos sentimos no coração, ao passar pelas trilhas, imaginando que ali além de um local de turismo, nos permite  um contato quase que espiritual com forças naturais que vem das águas e das matas.
Há um ditado francês que diz assim:"Deus perdoa porque é Deus, o homem perdoa porque também erra, mas a natureza não perdoa jamais". Piraju através da Trilha das corredeiras pede perdão e reverencia a rica biosfera do Tijuco Preto que reúne em si as várias frentes naturais de nossa história. Esse perdão/gratidão em si, já nos conforta e nos torna envolvidos e nos recompensa com eveidente carinho e respeito por aquele local e nos faz a todos melhores ancestrais para com os que vão desfrutar daqueles recantos no futuro.
Resta aqui ainda um muito obrigado a todos que se empenharam no mega projeto da Trilha, sonhando, pensando, aspirando. E hoje olhando para a obra quase totalmente pronta vemos que é um verdadeiro milagre. Os recursos foram poucos e mais que aproveitados na gota de suor do trabalho de cada funcionário municipal que  deixou ali sua contribuição. Foram eles e os projetistas que fizeram acontecer a Trilha das Corredeiras.
Com certeza essa realização fará para sempre a diferença naquele local e é uma marca extraordinária da gestão municipal do prefeito José Maria Costa que manteve seu compromisso de conservar e manter  preservada a integridade do último trecho vivo do rio Paranapanema. 
Salve também os indigenas que ali viveram  e muito antes de nós sabiam o valor daquele mundo que integra de forma invisível a espirituralidade de quem sabe a importância da força da natureza.