seja bem vindo ao portal folha de piraju

Circulação: Cidades e Regiões das Comarcas de Piraju, Santa Cruz do Rio Pardo, Ipaussu e Avaré

Endereço: Rua Carlos de Campos 177 - Piraju/SP - CEP 18800-000

notícias

Voltar

Nota pública: OAB SP repudia ataques LGBTfóbicos sofridos pela Subseção de Americana

Postado à, 14 dias atrás | 6 minutos de leitura

Nota pública: OAB SP repudia ataques LGBTfóbicos sofridos pela Subseção de Americana
A Ordem dos Advogados do Brasil seção São Paulo (OAB SP) e sua Comissão da Diversidade Sexual e de Gênero, em conjunto com as comissões das subseções abaixo assinadas, vêm a público externar o mais profundo e absoluto repúdio aos lamentáveis e inaceitáveis ataques LGBTfóbicos de hackers sofridos pela Comissão de Diversidade Sexual e de Gênero da 48ª Subseção da OAB SP, ocorridos na última segunda-feira (25), em ambiente virtual, por ocasião de transmissão do Grupo de Estudos com o tema: LGBTfobia, Discurso de Ódio e os Limites da Liberdade de Expressão.
 
Na ocasião, os criminosos invadiram a sala, desativaram os microfones, passaram a divulgar palavras ofensivas e chegaram a divulgar vídeos com apologia ao nazismo.
 
Os ataques aos direitos da comunidade LGBTI+ afrontam a dignidade da pessoa humana, o direito à vida, liberdade, igualdade e à segurança, dentre outros, garantias fundamentais historicamente conquistadas decorrentes da incansável atuação da advocacia em lutas sociais árduas. Jamais nos submeteremos inertes a ataques covardes como esses, tristemente registrados em Americana (SP), pois são contrários não apenas aos ideais de uma sociedade mais humana, justa, inclusiva e solidária, como, também, ao nosso ordenamento jurídico pátrio vigente e aos preceitos maiores declarados no texto da Constituição Federal (CF).
 
Advogadas e advogados são essenciais à Justiça, nos termos do artigo 133 da CF, sendo a sua nobre e precípua missão a defesa incontinenti dos direitos humanos, dos direitos fundamentais de titularidade de todos e a defesa e garantia do Estado Democrático de Direito. Nesse sentido, destacamos que todo ataque direcionado aos direitos fundamentais individuais de qualquer cidadão é ataque direto a toda a advocacia, em especial, no que se refere aos direitos relativos à diversidade sexual e de gênero.
 
A LGBTfobia é crime nos termos da Lei 7716/1989, conforme declarado pelo Supremo Tribunal Federal no julgamento da Ação Direta de Inconstitucionalidade por Omissão (ADO) número 26 e configura-se por qualquer ato que agrida pessoas não heterossexuais e cisgêneras, e não se restringe apenas à violência física direta ou verbal. Justamente em espaço institucional, onde a discussão sobre a temática deveria ser livre, equilibrada e sadia, em prol do desenvolvimento social e da busca pela qualidade de vida para todos, covardemente ocorreram ataques sem precedentes à sociedade e à advocacia.
 
A advocacia paulista não admitirá que nenhum ato criminoso coloque em xeque as conquistas normativas de toda a comunidade LGBTI+, tampouco desrespeite e ousadamente tenha a indecorosa pretensão de intimidar ou calar a voz altiva da classe na luta por igualdade de direitos no combate à LGBTfobia.
 
Assim, juntamente à Comissão de Diversidade Sexual e de Gênero da Subseção de Americana, a presidência da OAB SP e demais comissões signatárias da presente nota informam que tomarão providências para que os responsáveis sejam identificados e responsabilizados nos rigores da lei, bem como que acompanharão a apuração do caso junto aos órgãos competentes, auxiliando na investigação do repulsivo ato criminoso.
 
Patricia Vanzolini
Presidente da OAB SP
 
Leonardo Sica
Vice-Presidente da OAB SP
 
Heloisa Helena Cidrin Gama Alves
Presidente da Comissão da Diversidade Sexual e de Gênero da OAB SP
 
Rafael Frade Pires
Comissão da Diversidade Sexual e de Gênero da OAB Caraguatatuba
 
Vinícius Duarte Martins
Comissão da Diversidade Sexual e de Gênero da OAB Mogi das Cruzes
 
Alexandra Pericão Nogueira
Comissão da Diversidade Sexual e de Gênero da OAB Cotia
 
Ivone Amancio Vieira
Comissão da Diversidade Sexual e de Gênero da OAB Santo Amaro
 
Sarah Marques da Silva
Comissão da Diversidade Sexual e de Gênero da OAB Diadema
 
Juliana Alves de Oliveira
Comissão da Diversidade Sexual e de Gênero da OAB São Bernardo do Campo
 
Leonardo Souza Santos
Comissão de Direitos Humanos, Diversidade Sexual e de Gênero da OAB Ilhabela
 
Fernanda Darcie Cambaúva
Comissão da Diversidade Sexual e de Gênero da OAB São Caetano do Sul
 
Annelyse Sanches de Moura
Comissão de Diversidade Sexual e de Gênero da OAB Ipiranga
 
Carla Silvério Barbosa
Comissão de Diversidade Sexual e de Gênero da OAB São José dos Campos
 
Fernando Zanella de Andrade
Comissão da Diversidade Sexual e de Gênero da OAB Lapa
 
Ederlan Ilario da Silva
Comissão da Diversidade Sexual e de Gênero da OAB Teodoro Sampaio
 
 
Aline Santos Gama
Comissão da Diversidade Sexual e de Gênero da OAB Mauá
 
Vitor Alexandre
Comissão de Valorização e Inclusão da Diversidade Sexual, de Gênero e de Raças da OAB Votorantim