seja bem vindo ao portal folha de piraju

Circulação: Cidades e Regiões das Comarcas de Piraju, Santa Cruz do Rio Pardo, Ipaussu e Avaré

Endereço: Rua Carlos de Campos 177 - Piraju/SP - CEP 18800-000

notícias

Voltar

Dom Bosco a lenda que nasceu em 1970 na cidade de Piraju

Postado à, 36 dias atrás | 8 minutos de leitura

Dom Bosco a lenda que nasceu em 1970 na cidade de Piraju
Piraju década de 60. A A cidade tinha o Piraju F.C, time profissional que disputou o paulista A3 na terceira divisão do estado nos anos 62 a 68. Orgulho e febre dos esportistas da época o time consagrou-se vice campeão paulista da terceira divisão A3 em 1964.
Na categoria A3 terceira divisão do estado de SP  de 80 a 82 e ainda 84,86 e 87 e naquela época, também tínhamos os campeonatos internos da cidade,  equipes como Reta Club, Corinthians do Bairro Alto, Cruzeirinho, Estação, Villa e times das periferias (zona rural).Entre altos e baixos e dificuldades de manter um time profissional o Piraju F.C, lotava o estádio Gilberto Moraes Lopes. 
1970
Começa a surgir um fenômeno que transformaria uma geraçãode crianças e adultos relacionada a cultura e o esporte na cidade. O Dom Bosco. Foram anos de dedicação e sonhos realizados por pessoas que se comprometeram a levar esse projeto a sério.
Alguns se destacaram no esporte, foram para times profissionais e seguiram carreira. Com o passar dos anos muitos foram embora da cidade, outros ficaram por aqui, constituiram família e se destcaram em suas áreas profissionais. “o mais importante, ‘a filosofia e o ensinamento cristão’ que nos foram passados, continua até os dias de hoje em nossas vidas e de nossos filhos com toda certeza” relata José Augusto, um dos organizadores dos encontros dos dombosquinos ao longo das últimas décadas.
Nste ano de 2022 o encontro se deu entre os dias 16 e 19, aproveitando o ferido prolongado do Corpus Christi para reunir o maior número possível de integrantes para jogos, bate papos, confraternizações, churrascos, pizzas e muita história para relembrar e contar. Até questões mal resolvidas ficam transparentes nesse encontro em meio a risos e abraços entre homens feitos que não têm receio de mostrar e emoção e chegam a chorar como crianças ao rever aquele amigo presente ou recordar aqueles que se foram.
UM MINUTO DE SILÊNCIO PARA OS QUE PARTIRAM.
Pensar que todo esse envolvimento começou numa manhã de domingo na cidade de Piraju, quando o Sr.Jacy Albanezi e sua Kombi, juntou crianças de 10/12 anos de idade e partiu para um jogo na cidade de Chavantes. Jogo contra o time do Padre, num campinho no fundo da Igreja Matriz daquela cidade com vitória de 3X2 para o time de adolescentes de Piraju . Empolgação total, nascia ali um grito de guerra “Tubaina”, que no primeiro posto de estrada na volta à cidade atendeu a todos de imediato.
 O que seria uma brincadeira de garotos e seus pais e amigos de seus pais ganhou proporções quando Jacy e outros decidiram montar um projeto para formar uma equipe de futebol. pessoas “notáveis” como Jaci Albanezi, Roberto Bersi, Antônio Francisco, Jardel Caetano, Firmino Bragança, Nicola Dinardi, Fernetti, Silvestre e Sgto Cid Borges constituíram a  primeira diretoria da agremiação.
Com participação espontânea nas reuniões dos amigos e filhos dos integrantes da Conferência Dom Bosco do Asilo despontaram como  incentivadores e fundadores do time que virou religião: Manoel Bersi, Miguel Garrote, Urbano Vieira, Jacy Albanezi, Antônio Francisco, Roberto Bersi, Firmino Bragança, Nicola Dinardi, Benedito de Barros, Fernetti, Silvestre e Sgto Cid Borges e Oswaldo Pinterich. Eles acharam por bem que a agremiação começasse realizar seus encontros no Asilo São Vicente de Paula e assim nasceu oficialmente o Dom Bosco que leva o nome de um santo que dedicou a vida à Educação. Ficou definido também que não seria só um time de futebol, mas que as crianças e adolescentes que acolhessem tivessem também ideais, respeito, e se tornassem homens de bem e constituindo familias com princípios cristãos.
 
O lema do Dom Bosco: “Bom de bola, Bom na escola e Cristão autêntico”.
 
Assim nasce em 1971 o Campeonato de futebol “Dente de leite” na cidade de Piraju década de 1971. 
O sr. Birajá ou Bira achou aquele momento propício para que o esporte e a cultura na cidade voltassem a ser importantes para os jovens quando criou o primeiro campeonato de futebol Dente de Leite da cidade com 16 equipes, todas constituidas e formadas nos bairros e zonas rurais de Piraju. Na ocasião então o Dom Bosco sagrou-se campeão invicto do Torneio Início e do Torneio principal.
A equipe do GE Dom Bosco neste 1o Campeonato Dente de Leite  - 1971 teve  a mescla de alguns jogadores qualificados que se destacaram no primeiro campeonato de futebol e ainda atletas da cidade de Piraju. Embora uma agremiação esportiva amadora configurou-se como características profissionais e treinos durante a semana, reuniões, conferências na sexta-feira e missa na matriz da cidade aos domingos. Para participar teriam que ter comprometimento e responsabilidade com aquela linha de conduta.
Citamos esse período que foi decisivo no repertório de jogos, e conexões entre os fundadores/colaboradores e jogadores do Dom Bosco. 
Seu Bira um entusiasta da causa Dom Bosco, assim como Jacy  Albanesi  “o eterno presidente” e Beto Bersi (técnico) e os outros todos sempre se empenhando para que o time ganhasse a projeção que teve, proporcionando o despontar de talentos e valorizando o que essa meninada tinha de melhor. 
Os coordenadores eram mais que treinadores, junto com os meninos o Dom Bosco virou uma causa, e talvez por tanto empenho tenha marcado o coração e a mente de seus integrantes, que possuem um sentimento de pertença à essa grande família Dombosquina. 
Nesta página contamos um pouco dessa trajetória tão significativa que contagia quem conhece os senhores e senhoras de hoje que foram os jovens que ajudaram a construir essa lenda.