seja bem vindo ao portal folha de piraju

Circulação: Cidades e Regiões das Comarcas de Piraju, Santa Cruz do Rio Pardo, Ipaussu e Avaré

Endereço: Rua Carlos de Campos 177 - Piraju/SP - CEP 18800-000

notícias

Voltar

Sedentarismo Infantil:um alerta para o futuro de nossas crianças, por Danilo Ferreira Cury, personal

Postado à, 9 dias atrás | 7 minutos de leitura

Sedentarismo Infantil:um alerta para o futuro de nossas crianças, por Danilo Ferreira Cury, personal

DANILO FERREIRA CURY / Personal Trainer

CREF: 089303-G/SP.

O sedentarismo infantil é um problema que vem aumentando constantemente no mundo. Atualmente, a quantidade de crianças sedentárias ultrapassa a de crianças que se mantêm ativas.

Em um relatório recente, a Organização Mundial da Saúde observou que cerca de 70% dos meninos e até 88% das meninas com menos de 10 anos não fazem uma atividade física adequada para a sua idade diariamente. Isso significa que o estilo de vida sedentário afeta, em média, 79% das crianças.

Um dos principais motivos disso são as mudanças ocorridas no comportamento infantil com o surgimento dos aparelhos eletrônicos, que possuem uma apelação bem mais forte em relação às brincadeiras e atividades físicas de outrora. Dessa forma, a criança deixa de gastar a sua energia fisicamente, ficando muito mais horas do dia inativa.

Mas antes de culpar a “modernidade”, o papel da alimentação é fundamental. Isso porque se o corpo ingere mais do que precisa e não gasta o suficiente, esse acúmulo vira gordura, aumentando as chances do desenvolvimento da obesidade.

MAS O QUE É O SEDENTARISMO INFANTIL?

O sedentarismo é caracterizado pela ausência ou diminuição considerável de atividades físicas ou de qualquer outra atividade que promova o gasto energético relacionado à quantidade de alimentos ingeridos.

QUAIS OS MALEFÍCIOS QUE O SEDENTARISMO TRAZ AS CRIANÇAS?

O perigo está no acarretamento de sérios danos à saúde, que podem já aparecer precocemente na infância e se refletir na vida adulta. Como por exemplo, aumento da pressão arterial gerando problemas de hipertensão, diabetes, doenças endócrinas e descontrole nas taxas de colesterol, que provoca problemas na circulação e doenças coronárias.

 

COMO PREVENIR O SEDENTARISMO INFANTIL? 

  • Seja o exemplo. Faça de seus hábitos pessoais o exemplo que você quer que seus filhos sigam. As crianças vão entender aquilo como algo normal para a vida, não uma obrigação somente dele.

 

  • Não brigue nem obrigue, apenas convença. Não adianta tentar forçar a barra, pois poderá gerar uma aversão às atividades físicas na criança. Dialogue, converse, convença e divirta-se com seus filhos.​

 

  • Crie um ambiente divertido. Este é o objetivo de qualquer atividade na infância e deve reger também os programas feitos em família. O prazer destes momentos ficará gravado na memória emocional, e as atividades físicas serão sempre uma forma de revivê-los.

 

  • Imponha limites. Não deixe que os filhos definam o período pelo qual estarão diante da TV ou de outras tecnologias (smartphones, tabletes etc.), pois os atrativos destes equipamentos são enormes e isso levará ao sedentarismo.​

 

  • Pense na possibilidade da iniciação esportiva. Aulas de natação, escolinha de futebol ou qualquer outra atividade ligada a um esporte. Ainda que no futuro as crianças não venham a ser atletas de alto rendimento na disputa por troféus e medalhas, os ganhos para a saúde são inúmeros.

 

  • Leve as crianças para passear ao ar livre. Faça com que elas sintam prazer em correr por espaços abertos e seguros como parques, por exemplo. Criança acostumada apenas a locais fechados (como os shoppings), tendem a limitar sua forma de se movimentar.

QUAL O PAPEL DO EDUCADOR FÍSICO NO CONTROLE E PREVENÇÃO DO SEDENTARISMO INFANTIL?

O tema “sedentarismo infantil” desperta o sinal de alerta na cabeça de pais e educadores. A preocupação se dá pelo fato do sedentarismo infantil estar estritamente ligado a falta de saúde das crianças, principalmente por desencadear uma série de problemas de saúde causados não somente pela má alimentação, mas, também, pela falta de interesse dos menores – logo cedo – pela prática de atividades físicas.

A questão é que a atividade física figura como força no combate do problema. Os Educadores Físicos escolares, são de extrema importância na evolução da conscientização da criança na relação exercícios e saúde nas aulas de educação física para primeira infância. É ele o responsável por cativar na criança o desejo da prática da atividade física na infância, afim de que estes a levem ao longo de toda a adolescência e fase adulta do ser humano. É o profissional de Educação Física, que deve se atentar na condução de seus alunos ao máximo de atividades recreativas, como forma de exploração do conhecimento dos mais variados tipos e estilos de práticas, a fim de incentivar a criança ao desenvolvimento.​

Pais e Educadores Físicos e ou Profissionais de Educação Física devem estimular, auxiliar, cooperar, participar e apoiar que seus filhos pratiquem algum tipo de atividade física, se alimentem bem, cuidem de sua saúde desde a infância.

Pratiquem Atividade Física.

Photo by Kelly Sikkema / Unsplash

 

 

Galeria de Fotos