seja bem vindo ao portal folha de piraju

Circulação: Cidades e Regiões das Comarcas de Piraju, Santa Cruz do Rio Pardo, Ipaussu e Avaré

notícias

Voltar

Novo prefeito de Piraju terá desafio de conseguir nova ponte

Postado à, 4 dias atrás | 6 minutos de leitura

Novo prefeito de Piraju terá desafio de conseguir nova ponte
A Folha de Piraju cobra há vários anos uma nova ponte da concessionária Enel Green Power (EGP). Foram mais de 20 reportagens questionando a situação da ponte atual com publicação de trechos de relatórios detalhados, feitos por  uma empresa contratada  na década de 90 pela Votorantim, antiga concessionária da barragem/ponte.
A ENEL, empresa de origem italiana construiu um vertedouro do jeito que quis (não houve projeto alternativo em que a cidade pudesse opinar e decidir por algo menos impactante para a paisagem). Aceitou fazer uma passarela para a cidade de Piraju na ponte e só depois de muita pressão do prefeito atual que teve embates com a empresa, exigindo providências. Passarela importante para a mobilidade urbana, mas que nas próprias esferas administrativas se comenta é estreita, e deixou bastante a desejar. “Não foi o que combinaram”, nos disse um diretor municipal. 
E para "passar pano" como diz a gíria popular, a empresa patrocina esporádicos projetos de educação ambiental, esportes, fim de ano e turismo, recursos que são migalhas para um município que gera tanto lucro para a empresa. 
Ao terminar o vertedouro é como se Piraju tivesse sido riscado dos interesses da empresa que se vê, foram somente momentâneos, na necessidade de se adequar às normas de controle de vazão cobradas pela legislação federal para não perder a concessão.
A Enel tem enfrentado problemas em várias localidades de suas concessões no Brasil. Na cidade de SP correu risco de perder concessão pelos apagões inexplicáveis, e em Piraju reduziu funcionários, corta gastos e ainda joga na cara dos pirajuenses, das autoridades locais, dos trabalhadores e empresários que a ponte/barragem é problema da cidade. Todos sabemos que isso não é real porque quando construída a represa foi uma obra de barragem/ponte. E que caberia a concessionária zelar e construir uma nova ponte se necessário. Assim sem qualquer sensibilidade em relação a questão urbana e social relacionada à nossa ponte/barragem a Enel se mantém em silêncio absoluto sobre o tema. Não se explica, nem se manifesta. Essa posição com certeza não honra os imigrantes italianos (seus conterrâneos) que foram tão significativos na construção do perfil que a cidade tem hoje.
Enquanto construíam o enorme vertedouro com a maior parte da mão de obra de fora, nosso Hospital que atendia os que vieram de longe esperava recursos de políticos de todo lado e tinha paralisadas as obras do novo centro cirúrgico. Assim é questionável qualquer consideração da empresa com a cidade.
O próximo prefeito que será eleito em outubro, terá que encarar esses fatos. Assim como os próximos vereadores.
No momento o tráfego no local da ponte está complicado, a cidade depende da ponte para escoamento de produção em vários focos e especialistas afirmam que as questões dos buracos na estrutura da ponte apontados em relatórios encomendados pela Votorantim (que já foram conteúdo das reportagens desta Folha) não foram totalmente resolvidos. E que até seria por conta disso que todos esperamos os 80 segundos que o trânsito fica suspenso na entrada da ponte sentido cidade/e bairro e bairro/ cidade e tendo todos apenas 20 segundos para cruzar com veículos a ponte em qualquer um dos sentidos. 
Aqui podemos afirmar que não é preciso ser especialista para ter certeza de que a cidade precisa de uma nova ponte para atender as demandas do comércio, indústria e população em geral que reside nos inúmeros bairros da Estação. 
O atual prefeito José Maria já se pronunciou sobre a necessidade urgente de uma nova ponte e tem andado atrás desses recursos enquanto a ENEL prossegue emudecida sobre a questão que é vital para Piraju e que a empresa por uma questão ética com a cidade, deveria se posicionar.
A falta de empatia com a cidade impressiona, tanto que em seu site
https://www.enelgreenpower.com/pt/nossos-projetos/operativos/usina-hidreletrica-paranapanema
a foto da maior obra da empresa em Piraju (o vertedouro monstro gigante) permanece desatualizada. 
E na foto fica evidente e gritante a inseparabilidade que caracteriza o empreendimento ponte/ barragem e de como as duas coisas estão atreladas desde sempre.
Tomara que os candidatos a prefeito, tantos no momento, oito ou mais, se manifestem sobre os posicionamentos da ENEL sobre uma nova ponte/ Barragem. Afinal não dá para a empresa continuar nessa “cara de paisagem” de que não tem nada a ver com isso. 
A história e as imagens aéreas desmontam essa versão. Afinal dá para pensar nessa barragem de aproveitamento hidrelétrico sem a ponte?
Olhem a foto que a própria Enel estampa em seu site e tirem suas conclusões.
 
(Maria Ângela Ramos/editora da Folha de Piraju)