seja bem vindo ao portal folha de piraju

Circulação: Cidades e Regiões das Comarcas de Piraju, Santa Cruz do Rio Pardo, Ipaussu e Avaré

Endereço: Rua Carlos de Campos 177 - Piraju/SP - CEP 18800-000

blog

Voltar “Nossa Senhora do Ar” “N. S. do Bom Voo” por Pe. Luiz Antônio Pereira

30/OUT - 30
OUT
“Nossa Senhora do Ar” “N. S. do Bom Voo” por Pe. Luiz Antônio Pereira

Não se sabe exatamente como, mas se percebe o porquê de se associarem as viagens aéreas à transladação da Santa Casa de Nazaré para Loreto, e como tal a Nossa Senhora de Loreto. Sabe-se que, em 1912, a Sociedade de Aviadores e Aeronautas com sede em Torino, era já sua devota. Foi eleita Padroeira da Aviação Espanhola em 1913, e o Papa Bento XV, em 24 de março de 1920, declarou Nossa Senhora de Loreto, “Padroeira Universal da Aviação”.
Foi, ao invés, no dia 14 de agosto de 1926 que se iniciou oficialmente o culto a Nossa Senhora do Ar, como Padroeira da Aviação em Portugal, com a celebração eucarística presidida por Sua Eminência D. Antônio Mendes Belo, Cardeal Patriarca de Lisboa na capela da Granja do Marquês, o qual tinha providenciado a vinda de Paris de uma imagem de Nossa Senhora da Assunção, a partir de então, dedicada a Nossa Senhora do Ar, cuja imagem foi colocada no altar principal. Muitas réplicas foram feitas, não só para os lugares de culto nas diversas unidades da Força Aérea, mas também para uso e devoção particular, inclusive nas ex-colônias.
No dia 19 de dezembro de 1959, o governo de então, com especial recomendação de D. Manuel Gonçalves Cerejeira, Cardeal Patriarca de Lisboa e Ordinário Castrense, informando que todas as capelas da Força Aérea de Portugal são dedicadas a Nossa Senhora, “onde é venerada uma Sua imagem que figurando o mistério da sua gloriosa Assunção”, os aviadores A chamam Nossa Senhora do Ar, dirige-se à Santa Sé a rogar a graça da declaração de “Nossa Senhora do Ar”, como “Padroeira Nacional da Força Aérea Portuguesa”.
A resposta foi quase imediata: no breve “Aligera Cymba” do dia 15 de janeiro de 1960, Sua Santidade o Papa São João XXIII declara “para sempre, a Bem-Aventurada Virgem Maria, sob a invocação de “Nossa Senhora do Ar”, celeste Padroeira de todos os aviadores portugueses, com todas as honras e privilégios litúrgicos, próprio dos santos patronos”.
Para proclamar o padroado foi escolhida uma data e um local cheio de simbolismo, isto é, o dia 18 de agosto de 1960, 8° aniversário da constituição da Força Aérea, na capela da Unidade da Força no alto da Serra da Estrela, junto à Torre. A oficial e solene entronização de Nossa Senhora do Ar, se cumpriu no dia 20 de outubro de 1995, na capela da Nossa Senhora do Ar, na Base Aérea n°1, sob a presidência litúrgica do Eminentíssimo Cardeal Patriarca de Lisboa e Ordinário Castrense, D. Antônio Ribeiro.
Nossa Senhora é também invocada sob o título de “Nossa Senhora do “Bom Voo”, como protetora de todos aqueles que viajam de avião.
“Desde os primórdios da aviação, aqueles audazes que andavam mais perto do céu, na incerteza de voltarem, sãos e salvos, a pôr pé em terra, recorrem à proteção do alto e, mais naturalmente ao ‘amparo maternal’”.
Nossa Senhora do Ar! Rogai por nós!